País do Desejo entra em cartaz na sexta-feir​a, dia 25 de janeiro

Fábio Assunção, Maria Padilha e Gabriel Braga Nunes  estrelam PAÍS DO DESEJO, de Paulo Caldas, que estreia  sexta-feira em Recife, São Paulo e Rio de Janeiro

PAÍS  DO DESEJO, que  estreia nesta sexta-feira, 25 de janeiro, conta a história de uma pianista  clássica de renome que luta contra uma doença renal crônica. Roberta (Maria Padilha) vive na  cidade histórica de Eldorado, onde trava uma batalha com os problemas de saúde e  dedica-se, com disciplina e paixão, à música.

Durante  uma viagem à Passárgada, naquela que pode ser a sua última turnê, Robertapassa mal e desmaia  durante um concerto. Internada numa clínica local, conhece o padre José (Fábio Assunção), pároco  da Igreja de Santo Agostinho, extremamente envolvido com a comunidade rural  canavieira da região.

A  partir desse episódio, a família do padre passa a exercer uma importância  fundamental na história, já que seu pai (interpretado por Germano Haiut) e o  irmão César (Gabriel Braga Nunes) são médicos e donos da “Clínica do Rim”, na qual Roberta está internada.

Ciência,  arte e religião se misturam num drama contemporâneo. A originalidade de PAÍS DO DESEJO está no fato do  filme ter uma linguagem ambígua, transferindo para o público qualquer juízo  final sobre um amor proibido.

Sobre o diretor – PAULO  CALDAS

Paulo Caldas  atua por mais de vinte e cinco anos como diretor e roteirista de filmes de curta  e longa-metragem e em programas de TV, comerciais, videoclipes e DVDs. Dirigiu  seu primeiro longa-metragem, Baile  Perfumado, em meados da década de noventa. O filme ganhou o Festival  de Brasília como Melhor Filme do Júri Oficial e da Crítica, e se tornou um marco  na retomada do cinema brasileiro, participando de diversos festivais  internacionais. Baile Perfumado teve lançamento nacional no cinema e na televisão com sucesso de  público e crítica.

Em 2000,  lançou seu segundo longa-metragem, O  Rap do Pequeno Príncipe contra as Almas Sebosas, documentário  premiado no Brasil e no exterior em festivais como Havana e Paris, tendo participado  da mostra Novos Territórios do Festival de Veneza 2000.Paulo também foi um dos  roteiristas do filme Cinema,  Aspirinas e Urubus, 2005, filme que ganhou mais de cinqüenta prêmios  em festivais pelo Brasil e pelo mundo e foi o indicado brasileiro para concorrer  ao Oscar.

Em 2008 lançou seu terceiro  longa-metragem, Deserto Feliz, filme que participou de mais de cinquenta festivais nacionais e  internacionais, como o Festival de Berlim e foi contemplado, dentre outros  prêmios, com: Melhor Diretor e recomendação para o Globo de Ouro 2008 – XXII  Festival Internacional de Cinema de Guadalajara; Melhor Filme da Crítica, Melhor  filme do Júri Popular, Melhor Diretor, Melhor Direção de Fotografia, Melhor  Direção de Arte, Melhor Música – 35º Festival de Cinema de Gramado; Melhor Filme  e Melhor Atriz -10º Festival do Cinema Brasileiro de  Paris.

Rua do Rócio, 84 4º andar
Vila Olímpia - São Paulo - Brasil
CEP: 04552-000
Tel: 55 11 2899-9000
Fax: 55 11 2899-9001
© 2013 California Filmes. - Todos os direitos reservados.